Amigas do Peito

A Amamentação Exclusiva até seis meses tem seu motivo de ser. É por volta deste período que começam a nascer os dentinhos, que o bebê tem capacidade de sustentar a cabeça numa posição sentada, desaparece o reflexo de expulsão da língua (que faz o bebê “cuspir” o que se oferece nos meses anteriores).

 Usar chupetas e bicos artificiais, sejam de mamadeira, sejam intermediários ou protetores de mamilo, além de alterar a forma de abocanhar o peito promovem um reflexo de expulsão e uma deglutição atípica com a colocação da língua para frente no ato de engolir. Isto resulta na dificuldade de fala mais adiante e em problemas dentários por causa de língua empurrar os dentes da frente entre outras coisas.

 Chupar dedo pode não ser a melhor coisa do mundo, mas ao menos é um contato com algo que tem textura corporal, cheiro de gente e pode ser uma opção do bebê e não dos pais.

 O uso de chupeta como “tampa” para que os adultos se sintam menos ansiosos diante do choro, é uma coisa tão divulgada e cultural que nem é questionada na nossa sociedade. Quem se pergunta quais os malefícios do uso de bicos artificiais? Quem sabe das diferentes formas de abocanhadura e de atuação da musculatura da boca e face e que formação ou deformação o uso ou não uso destes artefatos pode causar?

 Muitos dos adultos de hoje usaram bicos, mamadeiras e chupetas sem perceberam qualquer dano à saúde. Mas a maioria tem registro destas repercussões. É visível o aumento de respiradores bucais, de alterações de fala (o sopro na pronúncia dos ss e ff entre outras coisas)  e de variados problemas dentários.