Amigas do Peito

Como fazer a ordenha manual?

 Na nossa experiência, a ordenha ajuda na maioria dos casos de dificuldade de amamentação. Ela evita rachaduras, alivia as dores, retira leite para guardar…  

 

Qual técnica eu devo utilizar?  Muitas vezes as pessoas recomendam compressas, bombinhas e várias coisas, cada uma mais disparatada do que a outra. Cada pessoa funciona de um jeito. Depende também se a ordenha é para aliviar de “empedramento” ou se é para coletar leite.

 

Como é a técnica manual?

Para começar é bom apoiar o peito que vai ser ordenhado com uma das mãos para dar conforto. Com a polpa dos dedos da outra mão massagear de maneira circular em volta do bico para dissolver os nódulos formados pelo acúmulo de leite.

O leite fica amazenado no peito em forma de gel. A massagem gera uma energia suavemente distribuída que liqüefaz o leite e facilita a ordenha. Deve-se então comprimir os dedos indicador e polegar na altura da pele do peito onde começa a aréola para a pele (onde muda da cor mais escura para a cor da nossa pele).

Esta compressão deve ser ritmada e sem escorregar os dedos para não traumatizar os ductos. É uma tentativa de simular a sucção do bebê. Na maioria das vezes, no início, só saem algumas gotinhas. Esvaziada esta região de saída, tornamos a massagear a mama de modo circular, agora um pouco mais na região junto ao corpo, tentando dissolver os nódulos de leite.

Amaciada esta região, outra vez, com o polegar e indicador, comprimimos a borda da aréola e aliviamos os ductos de saída. Tornamos a massagear mais para a base do peito e outra vez amolecemos, aliviamos e vamos ordenhando até que a mama fique suportável ou tenhamos retirado a quantidade de leite que desejamos armazenar. Ordenhar por muito tempo pode cansar demais a mãe ou a pessoa que está manipulando a mama. A escolha de uma posição confortável (como na amamentação) é fundamental.

 

Existem outras técnicas de ordenha? Sim, existem várias formas de se extrair leite das mamas. A melhor delas é a que a pessoa se adapta melhor!!!

Existem bombas manuais e elétricas que vêm com instruções.

Existe também uma técnica onde se coloca uma botija de boca larga, aquecida previamente, na região da aréola (a boca da botija). O calor dilata os ductos de saída e libera o leite está aí acumulado, permitindo que, com o resfriamento que se segue, a formação de pressão levemente negativa provoque a saída de mais leite. Essa técnica ajuda a esvaziar a mama e coleta leite ao mesmo tempo.

Isto também pode ser feito na bacia com água morna no fundo, mas o leite que sai se mistura à água e se perde. Com o bico e a aréola dentro da água, a mãe se balança suavemente e o leite passa a fluir.