Amigas do Peito

Boletim Peito Aberto Ano 22, Número 73 – dezembro de 2010.

Sumário 1. Editorial: 30 anos 2. Novidades: MInA 3. Conversando sobre amamentação: Formando novos grupos de mães 4. Rede de Apoio: Nova forma de ajudar 5. Lojinha: Novidade - Voltaram os travesseiros 6. Agenda de Reuniões: 4 grupos para você escolher 7. Expediente: novas formas de atendimento.

____________________________________________

1. Editorial

Manter nosso pique… desde 1980!!!! Este foi o desafio de 2010. Se até este ano computamos cerca de 200 mil atendimentos a famílias que amamentam e interessados em amamentação, através de nossas reuniões de grupos, cartas e emails, atendimentos telefônicos, projetos, oficinas, página da internet, ter atravessado 3 décadas tem seu preço: ser voluntário hoje não está mais na moda e muitas vezes é suicídio….

Sermos uma ONG nos anos 80, quando isto era um desafio estimulante, quando muitos movimentos estavam surgindo, e a participação desta maneira era quase que uma necessidade interna, resultava que o voluntariado era um modo possível, e passível de execução de muitos trabalhos.

As idéias e as atividades ligadas a amamentação ainda eram insipientes e as conquistas, mesmo pequenas, pareciam gloriosas naquela época, e hoje, de pequena importância (licença maternidade de 120 dia? Como? se hoje se fala de 6 meses!). Amamentação exclusiva de 6 meses? Como é importante, e quando se sabe da recomendação da OMS! É que nós não registramos claramente os esforços na nossa própria história… eis que no primeiro esboço de Estatuto das Amigas do Peito já estava lá amamentação exclusiva por seis meses…

Década de 90: treinamentos de profissionais de saúde; universidades mais engajadas na amamentação; as Normas Brasileiras para Comercialização de Alimentos para Lactentes, mamadeiras e bicos em vigor; rede IBFAN crescendo rapidamente em todo Brasil; o apoio de um grupo de amamentação da Noruega - AMMEHJELPEN - impulsionando o crescimento das Amigas do Peito com projetos artísticos, educativos e de atendimento; mudança de panorama…. muitas novas atividades voltadas para a amamentação; o Estatuto da Criança e do Adolescente afirmando a prioridade de cuidar do início da vida; formação de rede de Grupos de Mães que trabalhavam com Amamentação, INAN/MS com os Comitês de Comunidade; a idéia de Encontros de grupos que trabalhavam com amamentação; Congressos de Banco de Leite e de Aleitamento Materno sem patrocínio de Indústria de Alimentos Infantis, Mamadeiras e Bicos. Ebulição, e as mães voluntárias das AMIGAS DO PEITO, cheias de compromissos, atuando em diferentes esferas, participando de Grupos Técnicos, reuniões com profissionais, treinamentos de avaliadoras da Iniciativa do UNICEF e do Governo de Hospitais Amigos da Criança, acompanhando e participando de treinamentos de profissionais, convidadas para palestras em Serviços de Saúde e faculdades de Nutrição, enfermagem, Medicina, Serviço Social… Como orientadoras nas salas de espera de Bancos de Leite…

Virada do milênio, 2001… fim de apoio da Noruega, muitos profissionais de saúde fazendo bem seus papéis na sociedade pró amamentação. Os projetos de Iniciativa Unidade Básica Amiga da Amamentação, Mãe Canguru, Banco de Leite, Hospital Amigo da Criança, Semana Mundial da Amamentação plenamente conhecido, os grupos de mães bem mais restritos e de pouca visibilidade (mas ainda de suma importância segundo as mulheres e seus familiares que participam e são atendidas por telefone ou cartas) e mais nenhum projeto sendo apoiado… Muitos profissionais de serviços de saúde atuando, melhora perceptível dos índices de amamentação no país…. E qual o papel de grupos de mães nesta próxima década? As Amigas do Peito já não estão mais atuando no espaço dos trabalhadores de saúde, e atuam ainda bem pouco na área de educação. As Amigas do Peito refletem sobre o que é melhor para manter o grupo ativo e com algumas atividades voluntárias, mas se transformam em OSCIP para ter chance de seguir adiante mantendo a essência e com atividades de atendimento direto feitas por voluntárias.

____________________________________________

 

2. Novidade: MInA – rede de grupo e mães que apóiam a amamentação

 

 

No ENAM de Santos reunimos grupos de mães e retomamos o MInA que havia surgido nos anos 80. Mães Interagindo em Amamentação… uma forma de unir forças e multiplicar locais e formas de apoio. Quem já passou por isto sabe da importância de poder encontrar um peito amigo que acolha, um peito aberto para trocar experiências, um coração que dita caminhos no embalo de cantigas de ninar. E o MInA já começou sua manifestação se posicionando diante da propaganda para crianças seja de alimentos seja qualquer outra coisa que induza ao consumismo infantil.

Matrice, La Leche League, MAMA de Piracicaba e Amigas do Peito, são, no momento, os grupos componentes desta rede.

____________________________________________

 

3. Conversando sobre amamentação: Formando novos grupos de mães

 

 

Como não podia deixar de ser, se mães desejarem montar outros grupos….podem usar a carta que escrevemos a uma mãe:

Ficamos felizes em saber que você está firme em seu desejo de apoiar as mães na amamentação. Que bom! É dessa forma, que nós ‘formiguinhas’ ajudamos a formar uma grande sociedade. Outros grupos, outras companheiras apoiando a amamentação…

Cara amiga, se você desejar, podemos enviar para você uma cópia do nosso Estatuto para que você possa se orientar e conhecer melhor o grupo e o nosso trabalho e desenvolver o seu próprio grupo com o nome escolhido pelos participantes - que será a própria identidade do grupo.

Quanto às nossas reuniões, elas se desenvolvem de uma forma bastante descontraída. Não são aulas, nem palestras. Os temas/assuntos surgem das necessidades daquele momento. Em nossas reuniões, nos propomos a ajudar umas às outras, através de nossas próprias experiências. Participam de nossas reuniões gestantes, mães, pais, avós, familiares e amigos. Por que disso? Ora, pois são essas pessoas que estão convivendo mais de perto com essa gestante ou mãe, e com certeza elas, através de suas experiências, poderão apoiar ou prejudicar a amamentação. Mas o foco principal é sempre a mãe, ela que está no âmago do processo, não é? E nossas reuniões são espaço prioritário das mulheres.

O roteiro que temos é o de nos sentarmos em círculo e ao começar a reunião cada pessoa se apresenta e já coloca a razão da sua presença ali. A partir daí começamos a discutir sobre esses assuntos. A reunião é coordenada por duas Amigas do Peito que tenham uma experiência positiva de amamentação e também participe ativamente do trabalho da organização.

Outro dado importante é que essa coordenadora deverá sempre ouvir mais que falar. Procurar estimular as mães a se ajudarem e interferir quando alguma informação que estiver sendo dada for incorreta. Em resumo: nossas reuniões são baseadas em trocas de experiências e mútua ajuda. E se for necessário é indicada ajuda profissional.

____________________________________________

 

4. Rede de Apoio – O que cada um pode depositar!

 

 

AGORA direto no Site!! Clique e doe!!!!!

____________________________________________

 

5. Lojinha – Voltamos a produzir travesseiros com bichinhos que mamam

 

 

A lojinha está com diversos produtos para você, as novidades são os travesseiros para apoiar os bebês no bercinho ou carrinho e calendários do MINA. As compras podem ser feitas pela página das Amigas do Peito: www.amigasdopeito.org.br e nos grupos.

____________________________________________

 

6. Agenda de Reuniões: 4 grupos para você escolher

Botafogo: primeira Sexta feira do mês, 9 horas, na Casa de Rui Barbosa Catete: terceira Sexta feira do mês, 9 horas, no Museu da República Niterói: terceiro Sábado do mês, 9 horas, no Campo de S. Bento Tijuca: quarta Terça feira do mês, 14 horas, Salão de festas, da Igreja dos Capuchinhos.

____________________________________________

 

7. Expediente: novas formas de atendimento.

 

 

NOVOS HORÁRIOS DE ATENDIMENTO NA SEDE: plantão às segundas e sextas no meio do dia. Ligue para marcar horário.

Disque-Amamentação: (21) 2285-7779 – Deixe, bem claramente, seu recado na secretária eletrônica, que ligaremos a cobrar assim que possível.

O site tem muitas dicas, mas em caso de dúvidas entre em contato através do “Fale conosco”.

Visite nossa página atualizada! www.amigasdopeito.org.br