Amigas do Peito

AMAMENTAÇÃO DICAS GERAIS

Alimentação da mãe

Sabemos que uma alimentação saudável, equilibrada e natural é boa para qualquer pessoa. No que se refere às cólicas nos bebês é bom lembrar que elas podem ser fisiológicas ou emocionais.

“Baixa produção de leite “

A melhor coisa a fazer é aumentar o número de mamadas e evitar outro alimento em substituição ao peito.

Tomar líquidos e fazer compressas mornas (3 a 4 vezes ao dia e de no máximo 15 a 20 min.) podem ajudar a mãe produzir mais leite, mas o importante é o estímulo feito pela própria criança ao mamar.

Volta ao trabalho

Recomenda-se retirar o leite, colocá-lo na geladeira por 24 horas ou armazená-lo no freezer durante 15 dias para que outra pessoa possa dá-lo na ausência da mãe, de canaquinha, copo ou colherzinha.

A mãe, se possível, deverá ordenhar o seu peito durante a jornada de trabalho e assim transportá-lo de volta à casa num isopor.

Armazenamento do leite

Retirar o leite do freezer um tempo  antes do aquecimento e deixá-lo na geladeira. Para aquecer o leite, ferver a água, desligar o fogo e só então colocar o recipiente com o leite.

Abocanhadura facilitadora

É importante que o bebê abocanhe o bico juntamente com  parte da aréola (a parte escurinha junto do bico). Observe que a posição barriga com barriga ajuda para uma melhor abocanhadura do bebê.

Bico rachado e cicatrização

Para evitar as fissuras, o ideal é tonificar o bico com um pouco de atrito durante a gravidez (andar sem sutien, por exemplo) e expô-lo ao sol da manhã ou tardinha, alguns minutos por dia.

No período da amamentação deve-se observar a pega do bebê ao peito e de preferência oferecer o peito com o bico macio (as vezes é só tirar um pouco de leite da aréola para facilitar a pega do bebê).

Para cicatrizar as fissuras usa-se o próprio leite, tomar sol da manhã ou da tarde por uns 10 a 15 minutos e deixar  o peito arejar, quando possível.

Amamentação – dicas

Não existe leite fraco. O seu leite fornece ao bebê tudo o que ele precisa em termos de alimentação, possuindo substâncias imunizadoras que nenhum outro leite é capaz de imitar.

  • Seu leite é completo e perfeito. Você não precisa dar nenhum outro alimento, vitaminas ou ferro até o sexto mês de vida.
  • O leite materno é o melhor alimento para o seu bebê. Protegendo-o contra doenças, infecções e alergias. Contém todas as vitaminas e  proteínas que seu filho precisa nos primeiros anos de vida.
  • A produção de leite não depende da forma nem do tamanho dos peitos. O que provoca a produção de leite é a sucção do bebê. Por isso, quanto mais ele mama, mais leite a mãe terá.
  • Para ter bastante leite, basta deixar que seu filho mame a vontade, sem se preocupar com o relógio. Pouco a pouco ele vai acertando o intervalo entre as mamadas.
  • Tomar líquidos e fazer compressas mornas (3 a 4 vezes ao dia e de no máximo 15 a 20 minutos) podem ajudar a mãe a produzir mais leite, mas o importante é o estimulo feito pela própria criança ao mamar.
  • Calma e paciência ajudam muito na relação mamar/amamentar, pois no início tudo é novo. Mãe e filho necessitam de tempo para irem se conhecendo e se descobrindo. Apoio da família para amamentar é fundamental.