Amigas do Peito

Luciana Miranda

São Paulo - Mamadeiras, bicos e chupetas que saíram de fábrica desde esta segunda-feira devem conter frases de advertência na embalagem. A medida do Ministério da Saúde é um alerta para as mães: criança que mama no peito não necessita dos bicos artificiais, que prejudicam a amamentação.

O pediatra Hamilton Robledo, da Sociedade de Pediatria de São Paulo, afirma que usar mamadeira para alimentar bebês de até 45 dias representa um risco de 80% de fracasso da amamentação materna dessa criança.
A explicação é simples: o bico da mamadeira exige menor esforço de sucção do que o seio da mãe. O bebê, que está em fase de aprendizado do ato de mamar, se acostuma com a “mordomia” e passa a rejeitar o seio da mãe. Segundo Robledo, a mamadeira só está liberada para bebês a partir dos 4 meses. Com essa idade, a criança já aprendeu a mamar no seio da mãe e não rejeitará essa opção.”